CUMPRINDO UM CHAMADO. COMPROMISSO COM A PALAVRA DE DEUS!

Por 28 anos da minha vida eu fui do mundo, até que Ele me chamou e me mostrou a glória que é viver conforme Sua Palavra. Enquanto estava no mundo usava meu dom da comunicação para as coisas do mundo. Agora que sou de Jesus resolvi usar o dom e a profissão que Ele me deu para divulgar seu Evangelho e tentar alcançar almas que ainda O desconhecem. Um dia Ele me disse: "Fale! Fale de mim por onde fores e para quem encontrares e Eu cuidarei dos teus". Então tudo que aprendo quero dividir com os filhos e, principalmente, com as criaturas. Eu queria poder gritar aos quatro cantos do mundo a maravilha que é servir e seguir a Jesus. Como isso é um tanto difícil, vou aproveitar a blogosfera.
Leia, comente, torne-se seguidor desse blog. Que Deus derrame chuva de bênçãos sobre tua vida!!!



*** Todas as postagens e fotos deste blog podem ser reproduzidas desde que sejam atribuídas autoria e fonte, conforme Lei Federal de Direitos Autorais nº 9610 de 19 de fevereiro de 1998.***

A Bíblia nos manda em Tito 3:1 respeitar as autoridades constituídas, portanto, em obediência ao § IV do artigo 5º da Constituição Federal que diz "é livre a menifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato", NÃO serão aceitos neste blog comentários anônimos.

Comentários de não cristãos só serão publicados se estiverem acompanhados do endereço de email.

SÉRIE DE ESTUDOS WIERSBE - A BIBLIA EXPLICADA DE MANEIRA CLARA E CONCISA

Adquiri a obra “Comentário Bíblico Wiersbe – A Bíblia explicada de maneira clara e concisa” dividida em dois livros: Antigo e Novo Testamento. Trata-se de uma obra que complementa a leitura da Bíblia, explicando e contextualizando os capítulos de Gênesis à Apocalipse, ajudando em sua compreensão e em como seus ensinamentos se aplicam às nossas vidas em qualquer tempo. Decidi começar a postar aqui neste blog um resumo dos comentários retirados do livro Wiersbe exatamente como se apresentam: separados por capítulos, intitulados com o nome de cada livro que compõe a Bíblia. Vou postando-os conforme for estudando-os, dando uma pausa entre um livro e outro para outras postagens. Tenho certeza que, de uma forma ou de outra, será útil para muitos que por aqui navegarem, pois a Palavra de Deus nunca volta vazia! Acompanhe abaixo ou no menu ao lado. Nesta primeira etapa começamos do princípio, com Gênesis.

Que Deus abençoe a todos!!!

sábado, 1 de maio de 2010

Minha vida depois que Jesus me libertou



Ao ler o post abaixo você deve ter se perguntado: “o que mudou?”. Bem, depois que Jesus libertou a mim e a minha família das amarras do kardecismo muitas bênçãos têm ocorrido em nossas vidas. Ainda somos uma família normal, temos alguns desentendimentos de vez em quando como todo mundo, afinal Jesus não disse que viveríamos na perfeição, pelo contrário, Ele disse em Jo 16:33: “No mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, Eu venci o mundo”. Acontecem algumas briguinhas, mas nada que dure mais que cinco minutos. Temos outro entendimento, outra visão, outros sentimentos, novas vidas.

Antigamente brigávamos muito. Na real, não nos entendíamos, era um contra o outro e chegávamos a ficar meses sem nos falar morando na mesma casa (isso que vivíamos em um centro espírita teoricamente cheio de amor, perdão e caridade). A hora principal para as brigas era durante o almoço. Às vezes a situação se tornava insuportável e muitas vezes até saíamos de casa para nos evitarmos.

Hoje nos desentendemos normalmente e um de nós sempre percebe a ação do inimigo e estanca a situação na hora. Aprendemos a não alimentar mágoa, rancor. Antes meu pai me dirigia palavras ásperas que me faziam odiá-lo. Hoje, se ele me diz algo que machuca, me transformo em um ganso, com penas impermeáveis, cuja água não penetra. Fechei meu coração para coisas ruins. Desconsidero na hora o que não me agrada, não alimento o que não devo e fecho as portas para o inimigo. Da mesma maneira procede minha mãe. Resultado: até meu pai que era o mais difícil, mudou. Hoje conseguimos almoçar juntos como família. Conseguimos conviver e viver. Se me perguntassem em porcentagem, eu diria que melhorou 98%.

Eu não vivia bem, pois guardava profundas mágoas do meu pai, das quais eu nunca esquecia e lamentava o tempo todo. Depois que conheci Jesus, consegui perdoar meu pai das coisas que eu julgava que ele havia procedido errado, das palavras amargas, de tudo que eu achava que me machucava. Hoje o vejo com outros olhos. O amo com amor de filha e com o amor de Cristo. E quem me ajudou muito nesse processo foi meu marido. Ele sempre dizia: “tu tens que perdoar teu pai”. Dou glória a Deus pela vida do meu marido, ele foi uma das principais pessoas a me ajudar, a me apresentar Jesus, a acreditar em mim e, principalmente, a não desistir de mim.

Hoje sei que não estamos destinados a sofrer. Sei que nada nos prende na derrota, no choro, no sofrimento. Sei que temos vida plena em e com Jesus. Sei que não temos que passar a vida brigando para resgatarmos contas do passado, pois essa é a maior mentira do diabo para nos manter presos em suas garras. Sei que podemos ser felizes nessa única vida terrestre que Deus nos deu, nessa única vida liberta na cruz pelo sangue de Jesus. Hoje a única voz que ouço é a do Espírito Santo de Deus falando em meu coração e única visão que tenho é a do paraíso!


4 comentários:

Maria Helena disse...

Amada irmã, graça e paz de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.
Visitei os escritos do Pastor Joel e usei alguns dos seus textos poque estão totalmente de acordo com as Sagradas Escrituras. Gostaria de saber como obter o email dele, é possível? Tentei comentar no site dele, mas não aceitou... Também já postei os link's dos seus testemunhos para que todos possam ser abençoados e fugir do engano.

Musa Nada Inspiradora disse...

Achei muito legal o seu testemunho. Mas acho um erro acusar e denominar o kardecismo como "teoricamente" lugar de amor e caridade.
Tive problemas parecidos com os seus, e comigo foi o contrário, frequentava igrejas evangélicas e não resolvia o meu problema. Depois que conheci o evangelho segundo o espiritismo passei a entender muita coisa e hoje eu tenho paz e minha vida e na minha família. Seria muita petulância da minha parte afirmar que a igreja evangélica e o protestantismo me enganou por quase 7 anos. Não! Na verdade, cada um se encontra onde se sente melhor e onde supera melhor as suas dificuldades, mas não nos dá direito de rebaixar ou até mesmo julgar como errado.
De resto, foi um belo testemunho e tenho certeza que muitas vezes o problema não está no local e sim em nós mesmos!

Tatiana Vasco disse...

Querida "Musa Nada Inspiradora", agradeço seu comentário. Respondendo às suas colocações, com todo respeito a ti como ser humano e criatura de Deus, em primeiro lugar está a Palavra dEle, depois as opiniões de suas criaturas, que aliás, não mudarão em nada o Seu Plano para a humanidade, nem mudarão Sua essência, Sua Palavra e o que Ele é. Petulância na realidade é um mero ser humano (criatura) reescrever as Palavras de Deus e dizer que é "segundo ele mesmo", ora quem é a pobre e miserável criatura para saber mais que seu Criador? Obviamente um petulante. Eu levei metade da vida para entender isso, da mesma forma que levei para entender que não existe essa de "onde nos sentimos bem" porque "todo caminho onde nos sentimos bem nos leva a Deus". Um praticante de magia negra e satanismo, que faz sacrifícios humanos (mata pessoas inocentes), também se sente bem onde está e com certeza não chegará a Deus. Só existe Um caminho, e não crer nisso não mudará essa Verdade Absoluta. Aparentemente te sentes bem agora, os "espíritos desencarnados", vulgo demônios, deram uma brecha para não te perderem, afinal, já te ganharam, não precisam mais se preocupar em te afligir e se assim fizerem poderão te perder, porque se continuarem te afligindo onde estás, buscarás outro lugar onde te "te sintas bem" e nessa poderá ter seus olhos espirituais abertos para Deus, então eles preferem dar a trégua oportuna. A questão é que só há um Evangelho, e Ele é o de Cristo. Se não for conforme Ele, podes te sentir bem enquanto viveres na terra, a questão é como e onde viverás depois!!! Não há nada de errado com minhas palavras, nem com palavra alguma, desde que estejam de pleno acordo com as Palavras de Deus, é isso que interessa, é a Ele que temos que agradar, é de acordo com Ele que temos que viver. Se minhas palavras estão em pleno acordo com as Palavras do Dono do Mundo, O Deus Todo-Poderoso, elas podem e devem ser ditas aos quatro cantos, afinal, quem está de acordo com ELE, tem toda razão. Galátas 1.9 diz: "Se ainda estivesse agradando a homens não seria servo de Cristo". Sei que as palavras podem parecer, lendo-as, um tanto quanto duras, mas o mesmo Deus que ama manda o homem para o inferno, o mesmo Jesus que pregou amor, é justo para com Sua Palavra. A maior "sacada" do diabo foi convencer alguns homens de que ele não existe; a segunda maior sacada foi fazê-los acreditar que sempre terão uma chance, infinitamente, assim muitos não se preocupam em "serem reprovados nessa vida" esperando por outra e quando morrerem vão direto ao encontro dele, no inferno; e a terceira maior sacada dele foi fazer os homens acreditarem que "têm que passar" por "provações" para "resgates de ações passadas", assim eles não ficam sabendo que na verdade Jesus levou sobre si todas as nossas infermidades, todas as nossas dores na Cruz, que Ele já "pagou o preço" e estamos livres, sem precisarmos "passar resignados por nada", mas com um gesto de aceitá-lO como Único Senhor e Salvador, podemos tomar posse de nossa bênção conquistada na Cruz e mudar nossa história. Um mísero ser humano (aí sim nesse caso se enquadra a palavra 'petulância'), reescrever as Palavras de Cristo dizendo que ele entendeu melhor, significa dizer que o Próprio Deus que se fez homem foi incompetente com as próprias palavras e precisou ajuda de um mísero mortal criado por Ele mesmo para explicar. "Isto não é de admirar, pois o próprio Satanás se disfarça de anjo de luz” (2 Cr 11:14). Lamento muito que estejas ainda no engano, vou orar a Deus por ti. Que Ele te abençõe!

Sol Siqueira disse...

A palavra é: Depressão. Se enquadra a essa conversão de Deus Único ao Deus das trevas. Digamos que, na Bíblia, existiram homens de Deus, tais como: Elias, Davi, Jeremias e Paulo, que passaram por momentos de tristeza e angústia, mesmo conhecendo a Deus. Porém, mesmo em meio a escuridão próxima, clamaram ao Senhor, com fé e encontraram conforto nEle, vencendo esse grande mal, que Satanás costuma colocar nas mentes dos filhos de Deus. Deus entende as nossas fraquesas e manda anjos para cuidarem de nós em determinadas situações, que se entendem por desânimo, tristesa, angústias e etc. , menos falta de fé. Nunca devemos culpar aos homens que nos dão a Palavra, através de Deus, por nossos deslizes! Precisamos buscar sempre a Deus, em todos os momentos! TODOS! Em Mateus 11: 28, Deus fala: "Vinde a mim todos que estão cansados e sobrecarregados e Eu vos aliviarei" Jesus é a verdade que liberta. Trocar Jesus Cristo por Alan Kardec, não liberta. Você passou 7 anos em busca de algo que não nem vc mesmo sabe o que era. Procure descobrir o que buscara, entre o povo de Deus, amém? Pois, digo ser bastante tempo, para não encontrar e se frustrar, amada do Senhor... Estou a 3 anos na igreja, porém demorou cerca de 1 ano para eu entender todo o Palno de Deus pra minha vida...Mas, conheço pessoas que demoraram apenas 1 mês! a sede era tanta, que durou apenas 1 mês, imagine! Mas, conheço pessoas que estão há 15, 20 anos na igreja e ainda não tiveram revelação. Porquê? Bom, porque não estão abertas ao Senhor, simplesmente...Vão a igreja, apenas para seguir uma religião ou talvez em busca de riqueza, quem sabe? Quem sabe é só Deus, de tudo... Portanto, a Palavra de Deus diz em Jeremias 29:13 " Buscarme-eis e achareis, quando me buscardes de todo o vosso coração" - Como explicaria Alan Kardec esse versículo? bjos amada do Senhor! Jesus te ama e te espera de braços abertos como ao filho pródigo.